Website de Roberto Girola - Psicanalista

Vamos brincar de boneca...

Publicado em Pagina Inicial

Qual é a mulher que quando menina não ganhou uma linda boneca? Desde então houve um pressentimento oculto: o mundo esperava que ela um dia pudesse brincar de ser mãe. As mulheres que não podem ter filhos frequentemente se sentem mutiladas e são estimuladas a se submeter a tratamentos caros e difíceis para poder engravidar. No fundo essa é também, na maioria das vezes, a expectativa do parceiro.

Mas, e quando a linda bonequinha se transforma em um bebê real? “O rei” chegou e se apoderou  do corpo da mulher, que começa a sofrer transformações cada vez mais visíveis e nem sempre aceitas como algo esteticamente agradável. Isso sem contar as mudanças hormonais, o mal-estar, os enjoos, as inseguranças e o medo. Sim medo de não dar conta do parto, do bebê, do sofrimento...

Leia mais ...

A mãe “suficientemente boa” pode ser “esquecida”?

Publicado em Pais e filhos

Uma boa mãe é aquela que se torna desnecessária com o tempo?

 

A mãe “suficientemente boa” pode ser “esquecida”?

 

A experiência da maternidade traz um desafio muito especial na vida da mulher. Se para os animais ela está totalmente inscrita no instinto, para o ser humano, embora seja parcialmente inscrita no instinto, é uma experiência que deve ser apreendida.

O ato de gerar e cuidar de um filho também se diferencia pela peculiaridade do bebê humano, que nasce com um altíssimo grau de desamparo diante do ambiente, pois uma parte importante dele, a estruturação do psiquismo que lhe permitirá lidar com o mundo externo, não está formada e depende da interação com o meio que o recebe, principalmente com os pais. 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS