A psicanálise cura? (Contracapa e orelha)

Contracapa Livro A Psicanálise Cura?

Neste livro “estudantes e pessoas interessadas, não profissionais em geral, poderão encontrar, com objetividade, poder de síntese e referências amplas, a ordem de consciência interna, principalmente em relação à obra freudiana, da psicanálise atual. E analistas e pesquisadores já formados poderão reconhecer uma salutar visão ampla da história do pensamento psicanalítico - incluindo a presença de autores fundamentais para a vida atual da disciplina, como Winnicott e Bion - organizada ao redor da questão paradoxal da cura em psicanálise, visão histórica livre que, por vezes, costuma faltar às facções do movimento psicanalítico organizadas politicamente ao redor de um único objeto teórico de referência, seja ele Freud, Melanie Klein, Lacan, Winnicott ou qualquer outro criador de psicanálise de interesse.

 Tálles A.M. Ab´Sáber

Orelha

(Click here to see the English Version)

A partir do conceito de cura, o livro introduz o leitor nos principais conceitos da psicanálise atual. Inicialmente ´ é feito um mapeamento da complexidade das fantasias vinculadas aos termos cura, saúde, doença e normalidade. O objetivo é buscar o que a psicanálise pretende curar e em que sentido podemos falar de cura em termos psicanalíticos. Para responder à primeira pergunta, são retomados os conceitos mais importantes da teoria psicanalítica, em busca dos componentes que caracterizam o conflito psíquico.  A segunda pergunta é abordada através de um levantamento de alguns textos que permitem acompanhar, no evoluir do pensamento freudiano, o sentido, os âmbitos e as limitações que Freud atribui à função terapêutica da Psicanálise.  Para acompanhar a evolução do conceito de cura no pensamento psicanalítico mais recente, é estudada a contribuição de Klein e sua repercussão na clínica psicanalítica. Os principais aspectos da clínica winnicottiana são abordados a partir do conceito de Self e das perspectivas que ele levanta em termos clínicos. Uma breve referência a alguns conceitos básicos de Bion, permitirá entender com maior profundidade a importância deste autor para a clínica contemporânea, cuja complexidade é esboçada analisando as contribuições recentes de alguns autores. 

 Flap

The book introduces the reader to the main concepts of current trends in psychoanalysis with the concept of cure as the starting point. Initially a mapping is made of the complexity involved in the phantasies linked to the terms cure, health, illness and normality. The aim is to search for what psychoanalysis wants to cure and in which sense we can talk about cure in psychoanalytic terms. The most important concepts in psychoanalysis are rediscussed to answer the first question, in search of components that characterise psychic conflict. The second question is approached by means of a survey of some texts that enable one to follow, in the development of Freudian thought, the sense, the scopes and the limitations that Freud attributed to the therapeutic function in psychoanalysis. The contribution of Klein and the repercussion in the psychoanalytic clinic is studied in order to follow the development of the concept of cure in more recent psychoanalytic thought. The main of aspects of Winnicottian clinical practice are approached beginning from the concept of Self and the perspectives that are raised in clinical terms. A brief reference to some of Bion’s basic concepts allows one to understand with greater depth the importance of this author for the contemporary clinic, whose complexity is outlined analysing the recent contributions of some authors.   

 

 

 

Última modificação em: Quinta, 22 Janeiro 2015 17:16
(0 votos)
Visualizado 3263 vezes

Log in

fb iconFazer login com Facebook
Criar uma conta