Menopausa e autoestima baixa

Destaque

Para alguns homens é difícil reconhecer e aceitar os ciclos hormonais da mulher e, em alguns casos, acham que isso tudo é um mero artifício das mulheres para se desculpar quando elas não estão a fim de fazer algo. O fato é que as mulheres têm ciclos hormonais que incidem em maior ou menor grau no seu humor e no seu estado físico e emocional.  O período pré-menstrual, a gravidez, o período pós-parto, doenças que afetam o funcionamento hormonal e, sobretudo, o aproximar-se da menopausa, podem trazer desconforto para a relação do casal.

Se nos demais momentos da vida a disfunção hormonal ou a intensificação dos sintomas ligados ao funcionamento hormonal normal, podem ser percebidos apenas como oscilações e compensados por outros fatores, quando a menopausa se instala a mulher tende a associar esse fenômeno com a sensação de que uma fase de declínio de sua vida. A energia vital, representada pelo ciclo menstrual, acaba. Algo está irremediavelmente perdido.

A menopausa normalmente coincide com a percepção de sinais que anunciam o envelhecimento, a não ser nos casos de menopausa precoce. É portanto natural que, além de lidar com as variações do seu funcionamento hormonal e com as repercussões que isso pode ter no seu equilíbrio emocional, a mulher também passe a lidar com fatores psicológicos ligados à sensação de envelhecimento, trazendo uma sensação de luto, que pode se transformar em estado melancólico.

Além disso, os problemas hormonais ligados à menopausa, em alguns casos, afetam o estado emocional da mulher que se sente mais impaciente, ansiosa, instável. “Nem eu me aguento”, algumas concluem. Este estado emocional perturbado costuma gerar problemas de relacionamento que, associados à sensação de estar adentrando uma fase da vida percebida como limitadora, afeta a autoestima, sobretudo quando já havia uma predisposição psíquica nesse sentido.

Lidar com tudo isso não é fácil. Um acompanhamento médico adequado e periódico ajuda a usar os recursos medicamentosos que existem para amenizar essa fase da vida. Nos casos em que isso tudo se torna mais difícil e perturbador é aconselhável que a mulher recorra à terapia para aprender a lidar melhor com suas emoções e a aceitar os processos ligados ao envelhecer.

Naturalmente tudo se torna mais fácil se o ambiente no qual a mulher em menopausa vive estiver preparado para acolhê-la e aceitá-la nos seus momentos difíceis.

 

Última modificação em: Quinta, 11 Fevereiro 2016 11:55
(0 votos)
Visualizado 1317 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Log in

fb iconFazer login com Facebook
Criar uma conta