Adolescência e angústia

Pais e filhos

Tenho 15 anos, e me considero uma adolescente de alto controle, mas acordo às vezes com essa "Angústia sem razão". Ela deve ter alguma razão, mas não acho absolutamente nada, é normal na adolescência? Pode ser um começo de uma depressão? [...].  Débora Júlia

Adolescência e angústia

O período da adolescência, como observa Françoise Dolto, uma famosa psicanalista francesa autora do livro A causa dos adolescentes (Editora Ideias & Letras), é um período marcado por uma importante transição caracterizada não somente pelas transformações físicas e hormonais, mas também por importantes desafios psíquicos.

Ao deixar para trás a infância, o adolescente se depara com o mundo dos adultos, marcado por contradições, incoerências e falsidades que o decepcionam. Ao mesmo tempo, trata-se de um mundo competitivo, exigente, que impõe severas regras para não ser excluídos.

De um lado o cortejo dos bem-sucedidos, do outro, os que não podem exibir as insígnias do status: os feios, os gordos, os que não têm dinheiro suficiente para comprar o celular da moda, que não vestem as roupas de marca, que não frequentam a balada da hora, os que não são suficientemente “expertos” para “pegar” as meninas ou os meninos mais cobiçados pela “turma”.

 Os pais, que outrora foram os seus heróis, agora parecem estranhos, inadequados, incapazes de entender o mundo dele. Mesmo que os conteste, fica a dúvida se aquilo que ele percebe é realmente importante e se faz algum sentido.

Se os pais são um enigma, o mundo que rodeia o adolescente não é menos complexo. Embora os demais jovens que compõem o seu universo de relações sofram os mesmos problemas, geralmente se esforçam para mostrar que já os superaram e que ficar dando importância a certas coisas é uma atitude de menininho chorão ( ou menininha chorona).

Ao viver o luto pela perda do mundo encantado da infância, no qual se sentia o centro das atenções, o adolescente na maioria das vezes é tomado por um sentimento melancólico e, ao mesmo tempo, desafiado a viver em um  mundo no qual ele é apenas mais um, tentando fazer a diferença. Motivos para sentir angústia não faltam.

não faltam.

(0 votos)
Visualizado 4704 vezes

Log in

fb iconFazer login com Facebook
Criar uma conta