×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 424

Zumbis

Comportamento

 

Por que há tantos filmes sobre zumbis?

Zumbis

Devo confessar, por ser um cinéfilo convicto, que eu também já me perguntei por que se exibem tantos filmes sobre “mortos vivos”. A resposta estava na minha frente, apesar de eu nunca ter percebido: os zumbis existem. Estava dirigindo e de repente apareceu um... Sim, quase o atropelei. Era um jovem que atravessava a rua a pé com o farol vermelho. Estava ouvindo música com um par de fones de ouvidos gigantescos e estava entretido com o celular. Comecei então a perceber que o mundo está cheio de zumbis.

 Estão lá, na rua, no ônibus, no metrô, nos carros, nos bares e, se bobear, podemos encontrá-los até nas salas de aula. Identificá-los é fácil, estão ouvindo música e brincando com o celular o dia todo, mandando mensagens, twittando, jogando, pesquisando na Internet. Não são tão feios e assustadores, mas se der a eles um carro ou uma bicicleta para dirigir, de repente se tornam tão perigosos, agressivos e mortíferos quanto os zumbis dos filmes.

Trata-se de uma espécie de psicose social, como já apontou algum psicanalista mais “antenado”. As pessoas vivem em estado de alucinose quase que o dia inteiro. Comunicar-se com elas é difícil. As respostas monossilábica, parecem quase com os grunhidos dos zumbis cinematográficos.

É como se fosse difícil encontrar um sujeito dentro desses corpos. O fenômeno pode ser ainda mais chamativo se começarmos a perceber o que o psicanalista francês Melman define como o zapping subjetivo. Assim como na TV podemos mudar de canal através do controle remoto, da mesma forma é fácil perceber que algumas pessoas “zapeiam”: dependendo da audiência, do noticiário do dia anterior, ou de um comentário aparecido na Internet. Sua opinião pode mudar completamente horas depois, sem que haja um nexo entre uma fala e outra. Talvez esse seja o desafio para o futuro da psicanálise, lidar com zumbis, corpos esvaziados de sua subjetividade, tão mutantes, agressivos como aqueles do cinema.

(0 votos)
Visualizado 4080 vezes

Log in

fb iconFazer login com Facebook
Criar uma conta